APRENDIZADOS DE FAMÍLIA EMPRESÁRIA

Desde 2010 a höft homenageia famílias empresárias que se destacam no planejamento e estruturação de sua continuidade. A família empresária Carvalho é uma delas!

Compartilhamos aqui parte desta história, que contém inspirações atemporais, tais como: o caminho para a coesão de irmãs na segunda geração e a descoberta de talentos complementares.

Boa leitura

FUTURO EM CONSTRUÇÃO

Irmãs com perfis diferentes adotam o verbo compartilhar em vez de dividir


Nelson Carvalho nasceu numa fazenda, filho de agricultores, que, mesmo sem terem tido acesso à educação, queriam que os filhos estudassem. Quando completou 10 anos, os pais o levaram para viver com o irmão, em Campo Grande (MS), para iniciar a alfabetização. Nelson chegou a cursar a Engenharia Civil na UNB. Fixou-se em Rondonópolis (MT), onde fundou a NC Imóveis, com a esposa Mara. Construiu casas com base em projetos estruturados, loteamentos e bairros. Em 2014, o empreendedor estava preocupado com o futuro, com a divisão do patrimônio entre as três filhas. Melisa, a mais velha, administrava com o marido, os negócios do casal. Letícia, a do meio, tocava os empreendimentos imobiliários com o pai desde 2005, enquanto Denise, a mais nova, era designer de joias em São Paulo. A partilha poderia significar o enfraquecimento do negócio. Mas o verbo conjugado foi compartilhar, em vez de dividir. As duas outras filhas entraram na empresa. Por decisão de Nelson, Denise assumiu a área de marketing para cobrir o período de licença-maternidade de Letícia. O que era circunstancial se revelou um caminho possível. E assim também com Melisa, que, formada em psicologia, assumiu o RH, área em que tinha experiência. Para ver se seria viável as três trabalharem juntas, o desafio foi executarem o projeto de uma praça. A tarefa não só foi cumprida, como tem desdobramentos até hoje. Duas praças foram criadas, outra será finalizada em 2018 e uma quarta deverá ser adotada em conjunto com outros empresários da cidade. Embora o desempenho tenha superado a desconfiança inicial, ainda havia resistências, reforçadas também por Letícia, acostumada com a sintonia com o pai. “A Melisa e a Denise são muito diferentes de mim e tudo o que é diferente assusta. Fiquei dez anos trabalhando com o pai, eu e ele decidindo as coisas”, reconhece Letícia. Repetir o modelo do pai e agir como dona, tendo sócias, criou uma tensão que beirou a uma ruptura. “Mas voltamos e houve um trabalho de como entrar, quais seriam os nossos papéis, no que éramos boas e o que poderíamos agregar ao negócio”, conta Melisa. O convívio foi revelando mais potencial para sinergias do que para cisões. Hoje Letícia se mostra convicta de que a entrada das irmãs com perfis diferentes foi enriquecedora: “Vejo que foi bom, existem outros olhares”, diz. A nova configuração refletiu nos negócios. “Antes, o negócio era só loteamento. Agora, com a área de construções, começamos com casas em condomínios e vamos para prédios. Agora tem um setor de engenharia”, conta Melisa. “Para mim ficou claro que, para ser grande, precisávamos estar juntas. Se houvesse divisão, não seria o mesmo negócio”, acrescenta. Para isso, houve um trabalho para criar compromissos, tais como ouvir a outra até o final, respeitar pontos de vista diferentes e buscar o consenso, além de debater as razões pelas quais desejariam permanecer juntas numa família empresária. Posteriormente os maridos também foram envolvidos para se certificar de que se tratava de um projeto de vida dos casais. Foram instituídas as reuniões regulares que tratam tanto das pautas de negócios quanto das questões familiares.


Comentário höft:

Novas conquistas se somaram a estas, com união e trabalho em conjunto, a Família Carvalho inaugurou sua nova sede reunindo tradição e inovação, empreendimentos foram lançados, praças inauguradas, com ações de incentivo ao esporte, tudo isso está transformando a vida no Centro Oeste do nosso país!

50 visualizações